História

A FUNDAÇÃO


Consta de  um Relatório da Federação Portuguesa  de  Futebol que a Associação de Futebol de Bragança foi fundada em 03 de Julho de 1930, e que foi filiada na Federação Portuguesa de Futebol em 24 de Janeiro de 1931.

Reorganizada em 11 de Fevereiro de 1953, ano em que foram publicados os Estatutos no Diário da Republica, a de 11 de Junho.

Refiliada na F.P.F. em Janeiro de 1954 durante um Congresso da Federação Portuguesa de Futebol, realizado nessa data.

 

A HISTÓRIA


Embora não existam publicações dessa época com referencia ao desporto no distrito de Bragança, aparecem relatos da participação do Sport Clube de Mirandela a participar na fase de apuramento do campeonato nacional nas épocas de 1931/1932 e 1932/1933, nas quais foi eliminado pelo S. C. de Vila Real. Posteriormente participou nas 4 edições da 2ª. Liga entre as épocas de 1934/35 a 1937/38. Em 1938/1939 foi criado o campeonato da 2ª. Divisão, com a presença do S. C. Mirandela. Desaparecem dos registos a partir dessa época bem assim como a AFB.

O Mirandela foi o único clube do distrito que participou nos nacionais até essa data.

A partir da época de 1953/1954 recomeçaram as provas na AF Bragança.

 

A ESTRUTURA


A Sede da AF Bragança situa-se na cidade de Bragança, que tem como competições o Futebol e o Futsal.

 

O RECONHECIMENTO


Foi reconhecida como Pessoa Colectiva de Utilidade Publica, nos termos do Decreto Lei nº 469/77 de 7 de Novembro, por despacho publicado no Diário da Republica, II Série, nº 298 de 28 de Dezembro de 2000.

A Associação de Futebol de Bragança foi fundada em 30 de setembro de 1930, e que foi filiando-se na Federação Portuguesa de Futebol em 24 de janeiro de 1931. Em 1940 a AF Bragança enfrentou uma profunda crise organizativa, impedindo a organização de competições e levando os clubes de Bragança a filiarem-se na Associação de Futebol de Vila Real. Em 11 de fevereiro de 1953 a AF Bragança foi refundada, publicando-se os seus Estatutos no Diário da Republica a de 11 de junho.

Refiliou-se na FPF em janeiro de 1954 durante um Congresso da Federação Portuguesa de Futebol, realizado nessa data.

A Associação, foi classificada com o Estatuto de pessoa Colectiva de Utilidade Pública em 25 de Setembro de 1999.